Portal de Moura

Água Castello

Cooperativa Agricola de Moura e Barrancos

Herdade do Esporão

Amareleja
08-Jan-2008

 Brazão de Amareleja

Rua Eng. Luis Guinapo Feronha, 21
7885 – 061 Amareleja
Tel : 285 98 22 56
Fax: 285 98 22 57
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de email
http://amareleja.com.sapo.pt/


Concelho - Moura 
Área  - 108,34 km² 
População  -  2 763 habitantes
Densidade
-  25,5 hab/km² 

Situada a 27 km de Moura, na margem direita do Rio Ardila, extremo Norte do concelho de Moura. Delimita-se com o concelho de Mourão sendo confrontado, a este, com terras espanholas.

Amareleja 

 Amareleja

 História

O significado do nome "Amareleja"

Até ao momento, ainda não se consegue apurar com exactidão a origem deste nome, um tanto estranho para quem o ouve pela primeira vez.

Em 10 de Abril de 1677, o então padre da freguesia  escreveu no termo de abertura de um livro de registo de visitas: "Freguesia de nossa Sª. de Concepção de Marileiga ...".

Data de 1 de Abril de 1695, um documento que se refere ao "lugar de Nossa Senhora da Conceição de Mareleja".

Outra opinião diz que o nome surgiu devido à abundância de flores amarelas nos campos circundantes, pelo que os primeiros povoadores (possivelmente pastores da Beira Baixa) lhe chamavam "Campo das Amarelas".

Ainda hoje existem duas propriedades entre a povoação e a fronteira de Espanha, cujos nomes são Amarelas e Amarela.


Como surgiu a povoação

No reinado de D. Sancho II, Moura (actual sede de Concelho da freguesia de Amareleja) foi conquistada aos Mouros e estabelecida em senhorio, segundo o regime feudal.

D. Sancho II entregou a Vila de Moura aos Cavaleiros da Ordem do Hospital. Estes Cavaleiros deixaram assinaladas em Amareleja a sua passagem e presença, podendo ainda as marcas da Ordem ser vistas em marcos que possuem a sua cruz.

É de admitir, assim, que a formação das primeiras habitações tivessem a influência da Ordem do Hospital e de outros grandes Senhores, visto que estes favoreciam a aglomeração de pastores e rebanhos vindos de várias partes do reino. Esta aglomeração não era mais que o juntar das suas malhadas e seu aperfeiçoamento, até virem a formar como que um "monte alentejano", cujo local teria sido o sítio ainda hoje chamado "Montinho" ou a parte da Vila denominada "aldeia velha".

Pensa-se que na reunião das Cortes da Cidade de Évora em Novembro de 1481, o povo,  por meio dos seus procuradores,  determinou a criação de capelas e hospitais que se repartiam pelas diversas comarcas do reino. Teria sido nesta altura que o lugar "Mareleja" veio a ser provido de assistência religiosa.

Mas, dados ou referências não vão além de 1527. Verifica-se em documentos desta altura, relativos ao censo realizado a mandado de D. João III, que o lugar já tinha 55 fogos. Podemos dar um período de cerda de 200 anos para a criação destes 55 fogos, visto que as condições de vida não eram favoráveis para um desenvolvimento rápido.

Devemos concordar que desde os meados do séc. XIII a meados do séc. XV, foi um longo caminhar até à fixação e formação do aglomerado que se transformou na aldeia de Amareleja.

Podemos afirmar que pelos fins do séc. XV as necessidades religiosas destas pessoas levaram à construção da "Igrejinha de Santo. António" que é considerado o Padroeiro dos Gados. Esta pequena igreja foi construída num pequeno outeiro a relativa distância dos lugares chamados "Montinho" e "aldeia velha".

Apesar de existirem falhas de informação sobre algumas épocas, não nos parece demais admitir que esta Vila de Amareleja tem já cerca de 500 anos.

    Locais a Visitar

 Amareleja

Onde Comer

      Onde Comer

  • Restaurante "Ardila"
  • Restaurante "Baldosa"
  • Restaurante "Poço do Chorão"
  • Restaurante "O Encalho"
  • Churrasqueira "O Bomba"

O Portal de Moura agradece toda a colaboração prestada pela Junta de Freguesia de Amareleja.

 

Hotel Passagem do Sol - Moura

Pinta Barris

Cooperativa Agrícola Moura e Barrancos

Câmara Municipal de Moura

Pastelinhos de Safara

Moura: Luziana Noivas
             
Alimentos Guadiana
AMPEAI
D&F Cerejo, Lda
ABCPP
Hotel Passagem do Sol - Moura
Inside Lisbon Guest House
Coloque a sua publicidade aqui
Break - Momentos Fantásticos
Câmara Municipal de Moura
Luziana Noivas
Pastelinhos Safara
Madeicor - Francisco Beirão
Alentoner, Consumíveis Informáticos
Herdade dos Coteis
Iskandar
DN Automóveis
Baixo_Povoa_e_Helena
Eperas
SPORTS4U, Animação Turistico - Desportiva, Lda
Manuel Coutinho - Oficina de Rep. Mecânicas
JC PNEUS - João Costa Unipessoal, Lda